top of page

Max Madsen da MD2 Consultoria no NEXP Podcast

Por NEXP - 31 de julho de 2023


Os seus dados estão seguros? Se a resposta foi “sim”, mas você tem certeza ou dúvidas sobre a segurança cibernética? Todas essas respostas podem ser respondidas com um profissional qualificado de segurança digital. E o escolhido é Max Madsen da MD2 Consultoria.

“É um aspecto cada vez mais crítico na nossa sociedade, esse aspecto de transformação digital, vazamentos comprometem a privacidade dos indivíduos, gerando consequências graves para as empresas e a tendência para agravar esse cenário, é que o cibercriminosos continuem a ficar mais sofisticados, então as empresas e os indivíduos têm que olhar para a segurança de dados como prioridade.”

Ao NEXP Podcast, Max Madsen contou aos jornalistas Klaus Simões e Nicolas Kieling, todos os caminhos que uma empresa deve trilhar para ter uma boa segurança de dados e proteção do que é importante, a privacidade. Max Madsen deu uma verdadeira aula sobre segurança cibernética para empresas e pessoas melhorarem o que pode ser vazado.


Quem é Max Madsen?


Max Rabello Madsen – Consultor Sênior , Sócio proprietário e Especialista Master em Gestão de Dados na MD2 Consultoria. Graduado em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e pós-graduado pelo curso “MBA em Banco de Dados e BI” pelo Centro Universitário Newton Paiva, atua há mais de 20 anos com tecnologia da informação, tendo iniciado sua carreira como analista de suporte sênior e arquiteto de soluções com infraestrutura de redes e servidores.


Em 2004, passou a trabalhar como consultor em projetos de integração, qualidade e governança de dados, principalmente voltados a iniciativas de inteligência de negócio (BI) e prestando consultoria nas áreas de integração, qualidade e governança de dados em grandes empresas do mercado nacional.


Especialista com certificações em Governança de Dados, Proteção e Privacidade de Dados e Master Data Management (MDM), participou ativamente de diversos projetos de implantação destes tipos de soluções como gerente de projetos e como líder técnico.


Atualmente, é um dos sócios da MD2 Consultoria, além de ter atuado por três anos como professor em cursos de pós-graduação do Instituto de Educação Continuada (IEC) da PUC Minas, ministrando disciplinas voltadas ao conhecimento em Extract, Transform, Load (ETL) e Governança de Dados.


MD2 Consultoria


A MD2 é uma empresa que desde o ano 2000, se dispõe a realizar um trabalho sério e compensador para nossos clientes, uma relação de confiança e justa com fornecedores e um ambiente integrado, respeitoso e com boas possibilidades de crescimento para nossos colaboradores. Nosso intuito é oferecer soluções e serviços para ajudar nossos clientes a governarem seus ativos de dados e se diferenciarem em seu mercado de atuação. Nossos colaboradores, gestores e diretoria possuem um comportamento pautado na confiabilidade, parceria e ética.


Leis no Brasil sobre vazamento de Dados


No Brasil, o principal marco legal relacionado à proteção de dados e vazamento de dados é a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que entrou em vigor em 18 de setembro de 2020. A LGPD estabelece diretrizes sobre como as informações pessoais dos cidadãos devem ser coletadas, tratadas, armazenadas e compartilhadas por empresas e organizações públicas e privadas.


Quando ocorre um vazamento de dados pessoais, a LGPD estabelece algumas medidas que devem ser tomadas pelas empresas ou entidades responsáveis por esses dados. As principais obrigações incluem:


Comunicação do Vazamento: A empresa ou entidade que sofrer um vazamento de dados deve notificar os titulares dos dados afetados e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que é o órgão responsável pela fiscalização e aplicação da LGPD no Brasil. A notificação deve ser feita assim que o vazamento for identificado.


Medidas para Mitigação de Danos: A empresa ou entidade deve adotar medidas para mitigar os danos causados pelo vazamento de dados e evitar que novos vazamentos ocorram. Responsabilização: A empresa ou entidade pode ser responsabilizada civilmente pelos danos causados aos titulares dos dados afetados pelo vazamento.


Sanções Administrativas: A ANPD pode aplicar sanções administrativas às empresas que descumprirem as disposições da LGPD, incluindo multas que podem chegar a 2% do faturamento da empresa, limitadas a R$ 50 milhões por infração.


A LGPD é uma legislação importante para garantir a privacidade e segurança dos dados pessoais dos cidadãos brasileiros. É essencial que as empresas e organizações estejam em conformidade com a lei, implementando medidas de segurança e proteção de dados para evitar vazamentos e resguardar a privacidade dos usuários. Além disso, a conscientização e educação dos usuários sobre a importância da proteção de dados também são fundamentais para a prevenção de vazamentos e problemas relacionados à privacidade.


3 visualizações

Comments


bottom of page